Missão

Desenvolver pesquisas científicas e coordenar iniciativas de desenvolvimento de indicadores, com vistas à compreensão das complexidades inerentes às relações ambiente-sociedade, sob a ótica das políticas públicas, da governança socioambiental, das relações de resiliência socioecológica e de capacidade adaptativa, a partir da proposição de métodos híbridos (quali-quantitativos) e abordagens colaborativas/participativas, no contexto da transição para a sustentabilidade.

Quem somos

O LADIS é um laboratório científico que iniciou suas atividades em Julho de 2019, a partir da forte atuação em construção de indicadores dentro dos projetos MonitoraEA e AdaptaBrasil (à época chamado ImpactaClima).

 

Tem como competência central o desenvolvimento de estratégias de sínteses baseadas em lastros científicos de políticas publicas e governança e resiliência de sistemas socioecológicos.

Valores

  • Compromisso com o desenvolvimento da Ciência do Sistema Terrestre;

  • Diversidade na construção do conhecimento e na busca de estratégias de transição para a sustentabilidade;

  • Busca da redução das distâncias na relação ciência-sociedade

Acesse a página do

Grupo de Pesquisa

no Diretório do CNPq

Competências Centrais

Lastro científico

Debate teórico-metodológico a partir dos eixos "resiliência de sistemas socioecológicos" e "políticas públicas e governança"

Construir estratégias de análise e síntese das relações ambiente-sociedade por meio do desenvolvimento de indicadores e índices

Ver mais detalhes em 

Eixos de Pesquisa

O laboratório é pensado e construído a partir de uma estrutura de gestão horizontal e dialógica, de forma a conciliar e fomentar o desenvolvimento científico contínuo de seus integrantes, bem como o desenvolvimento de produtos científicos relevantes para a sociedade.

 

As atividades do LADIS são permeadas pelos princípios da Educação Ambiental, compreendidos como elos fundamentais tanto para a redução das disparidades entre as diversas categorias de saberes enquanto meio imprescindível no caminho para a transição para a sustentabilidade. Por isso, sempre que possível e adequado aos objetivos, o LADIS lança mão de abordagens participativas e de co-produção do conhecimento.

O lugar do LADIS no contexto da Ciência do Sistema Terrestre

WhatsApp Image 2020-09-24 at 09.55.32.jp

A ciência do Sistema Terrestre é, em essência, multi e interdisciplinar. Ela tem como objeto de estudo as interfaces entre os compartimentos da Terra. Parte de uma abordagem sistêmica e complexa que considera os vários elementos da Terra entrelaçados em uma rede de dinâmicas não-lineares, interações e feedbacks, em um contexto planetário.

Tradicionalmente, os componentes Terrestres estão categorizados nos compartimentos biogeofísicos – atmosfera, biosfera, criosfera, hidrosfera, geosfera - em interações com o compartimento humano, chamado de antroposfera. E é na antroposfera, e suas interações, que a agenda de pesquisa do LADIS se insere.

As Mudanças Ambientais Globais são um exemplo de tema que permite investigar a antroposfera e suas relações sob o ponto de vista dos efeitos da ação humana no ambiente e também sob o ponto de vista de revisitar questões fundamentais sobre as relações sociais e econômicas que se ligam com os impactos ambientais diversos. Por isso, o desafio de pesquisa que se coloca é de compor uma agenda que investigue não apenas as relações materiais entre antroposfera e demais compartimentos, mas sim a sociedade, as instituições e os indivíduos em suas trajetórias e contextos culturais que produzem e reproduzem padrões de vida que impactam o sistema Terra.

O LADIS alia-se ao desafio científico ao contribuir com estudos de síntese e análises que possibilitem ampliar a compreensão sobre dinâmicas e estruturas da antroposfera e suas conexões, seguindo a perspectiva sistêmica, complexa, em um contexto planetário, inerentes à Ciência do Sistema Terrestre.

Para compreender a antroposfera e suas relações, é essencial compreender os objetos de análise como elementos híbridos, cuja materialidade pode ser lida a partir de uma multiplicade de bases científicas. Essa premissa confere ao laboratório a possibilidade de propor abordagens interdisciplinares e/ou transdisciplinares e não apenas navegar entre os conhecimentos tradicionais consolidados.

 

O LADIS também busca, sempre que possível, aliar em suas pesquisas a construção do conhecimento a partir de esforços de articulação multi e interdisciplinar e na busca pela ampliação da comunidade de pares, visando reduzir as distâncias entre ciência e sociedade e contribuir para processos de construção de conhecimentos com base plural e diversa. Desta forma, a reflexão sobre matizes ontológias e epistemológicas que suportam (e impõe importantes desafios) à Ciência do Sistema Terrestre emerge como uma área complementar de interesse do LADIS.

Busola_CCST.JPG